South Park
 

South Park tem uma origem interessante. Em 1995, um executivo da FOX, Brian Graden, contratou Trey Parker e Matt Stone para fazer um video-cartão de Natal. Eles produziram um curta animado chamado "The Spirit of Christmas", no qual Jesus e Papai Noel duelam num combate corpo-a-corpo (Kung-Fu) para decidir quem é o maioral do Natal enquanto quatro garotos desbocados os incentivam. A fita foi distribuída para 40 figurões de Hollywood, que por sua vez, fizeram cópias para seus amigos. Assim, o curta de apenas 5 minutos (animado grosseiramente com papel de construção e cheio de piadas doentias)começou a se espalhar até que ficou disponível na Internet.Esse curta, apesar de nunca ter sido exibido na televisão é considerado por alguns o melhor episódio da série.  Foi uma questão de tempo para que Parker e Stone recebessem propostas para uma série de desenhos animados e eles fechassem contrato com a Comedy Central. Hoje sua criação gera milhões de dólares através de um merchandise violento, com camisetas, bonés, adesivos e outras simpáticas bugigangas que os fãs adoram comprar. As histórias se passam em South Park,uma cidadezinha fictícia no estado de Colorado, EUA, famosa pelo alto índice de visitas de alienígenas que, por causa disso, reúne um grande número de aficionados pelo gênero.No seriado é habitada por por pessoas muito estranhas... Os personagens principais são quatro garotos, inseparáveis, Stan (o lider do grupo), Cartman (o gordinho que vive nervoso), Kyle(o unico judeu da cidade) e Kenny(que morre em todos os episodios e ninguem entende o que ele fala), eles têm 8 anos de idade cada e cursam a primeira série, na escola SOUTH PARK ELEMENTARY.. Além deles, existem outros personagens. O personagem Chef é o cozinheiro da lanchonete da escola. Em cada episódio ele canta uma canção explícita cuja letra fala sobre fazer amor com uma mulher (sua atividade predileta). O Sr. Garrison é o professor dos meninos que só consegue falar com eles através do seu fantoche, o Sr. Hat. A prefeita de South Park está mais preocupada com a sua imagem do que em governar e não perde uma chance para se auto promover. O Tira da cidade é obcecado em encobrir mesmo as situações mais sem importância, apesar de ser descoberto há alguns capitulos atrás que ele é analfabeto. A mãe de Kyle é superprotetora e lidera movimentos contra qualquer coisa que não seja politicamente correta. O tio de Stan e seu amigo Ned são proprietários de uma loja de armas e adoram estourar coisas. Com um elenco desses, já dá para imaginar o que nos aguarda... o desenho animado é muito show e chega a ser um quase Beavis and Butt-head ... aqui no brasil ele é exibido pela MTV (legendado) e na Locomotion (dublado).

Stan Erik Cartman Cheff Kenny Kyle
Stan, o líder do grupo, é quem decide como os quatro resolverão seus problemas do dia-a-dia, que vão desde ETs e eutanásia até engenharia genética. Quando as meninas estão por perto, ele fica nervoso e começa a vomitar. Stan também tem um cachorro gay, que já foi pra um Santuário de Animais Gays... O gorducho Cartman, sempre furioso com alguma coisa, é o personagem mais engraçado. Seus amigos o chamam de fat ass, algo como bunda gorda. Mas ele insiste em dizer que não é gordo, apenas tem ossos grandes. A culpada pela sua obesidade é mãe dele, que o entope de gostosuras toda vez que o coitado chega em casa triste. Quem acompanha a série e viu todos os desenhos, sabe quem é o "pai" dele. Para descobrir isso, foram necessários três episódios para o público ficar sabendo de onde ele veio. Kenny sempre usa um capuz laranja que abafa sua voz e ninguém entende nada que ele fala (somente os personagens entendem). Ele tem uma morte violenta no final de cada episódio, que sempre termina com a frase: OH MY GOOD! THEY KILLED KENNY!!! YOU BASTARDS! e seu corpo é devorado por ratos vorazes e se decompõe. Mas ele reaparece no episódio seguinte.
Kyle, o único judeu na cidade, é a vítima freqüente do anti-semitismo de seus amigos. Embora seja o mais esperto do grupo, e tenha sempre algo interessante a dizer, ele é rapidamente interrompido por um de seus amigos.